LoL: Flamengo domina e atropela Royal Youth no Mundial 2019

0

Após estreiar com derrota para a DAMWON Gaming na Fase de Entrada do Mundial 2019 de League of Legends, o Flamengo eSports voltou aos palcos da competição e atropelou a Royal Youth, equipe da Turquia.

Picks e Bans

Reprodução/Riot Games

Enquanto a DAMWON Gaming se mostrou mais preocupada em um draft mais competitivo contra o Flamengo, a Royal Youth decidiu priorizar suas próprias escolhas e deixou o famoso Draven de brTT livre para escolha – e foi o que aconteceu. Além da escolha pelo campeão, os Rubro-Negros apostaram no Lee Sin de Schrimp (Caçador) e na Zoe de Goku (Meio) como as peças para parar o Karthus de Closer (Caçador da Royal), a Kai’Sa de Pilot (Atirador) e o Azir de Cyeol (Meio) – além de banir quatro campeões da Selva adversária.

  • Bans Royal Youth: Rek’Sai, Gragas, Yuumi, Xayah e LeBlanc.
  • Bans Flamengo: Pantheon, Qyiana, Syndra, Elyse e Jarvan IV.

O Jogo

O início já denotava que as escolhas da Royal Youth foram conturbadas: a equipe turca, no momento em que a partida se iniciou, decidiu trocar as posições do Topo e Meio. Embora tenha dificultado a vida de Robo (Topo do Flamengo), a partida seguiu com domínio Rubro-Negro – principalmente após uma luta no Covil do Dragão garantir dois abates para os brasileiros. Dragão Infernal feito, e o atropelo se intensificava.

Em seguida, o Flamengo continuou no ritmo acelerado e partiu pelo mapa não só rumo aos objetivos, como o Arauto do Vale, mas também distribuir sentilas e ganhar visão. A movimentação intensa pelo mapa seguiu por pouco tempo, e o Flamengo tinha um novo objetivo: fazer brTT crescer. Com o Arauto capturado, a equipe brasileira foi rumo à Rota Inferior para destruir a primeira torre e garantir o bônus de ouro. Ficou claro, em seguida, que a conhecida agressividade dos Rubro-Negros em Summoner’s Rift estava funcionando, e a equipe não parou um segundo sequer. Torre do meio derrubada; placar de abates crescendo; e o atropelo não para.

Com uma ótima chamada de Barão e, em seguida, um Dragão do Oceano, o Flamengo conquista os buffs sem contenstação. A hora de voltar para a base e reforçar o arsenal de itens chegou – assim como a hora de terminar o atropelo. Em uma linha reta, a equipe do Flamengo não parou ao deixar tudo que havia na Mid Lane em pedaços; bastou ir rumo à Rota Inferior terminar o jogo.

A forma como a equipe Rubro-Negra se portou e, claro, como conseguiu aplicar seu jogo estratégico e mecânico, não permitiu respiros à Royal Youth. Para o Flamengo, aspirar por uma possível vitória contra os sul-coreanos da DAMWON no próximo sábado (05) se torna uma possibilidade incontestável. Para a Royal Youth, o silêncio após uma derrota avassaladora foi o suficiente para quem viu a equipe turca provocar brasileiros quando o Grupo D da Fase de Entrada do Mundial 2019 foi definido.

Para o Flamengo, um futuro de muitas possibilidades no Mundial 2019 de League of Legends. Para a Royal Youth, uma pergunta: “Anotaram a placa?”.

No sábado (05), o Flamengo volta a enfrentar DAMWON Gaming e Royal Youth em busca de uma classificação para a próxima fase. Confira os horários dos jogos abaixo:

Sábado (05/10):

09h – Flamengo eSports x DAMWON Gaming
11h – Flamengo x Royal Youth

About Author

Cofundador e editor-chefe do Duas Torres. Fascinado pela narrativa de J. R. R. Tolkien e pela evolução do entretenimento, encontra paz ao escrever sobre filmes, séries e games.

Deixe o seu comentário