Sete Minutos Depois da Meia-Noite – Resenha

0

Escrito por Patrick Ness, Sete Minutos Depois da Meia-Noite é um belo exemplo de como obras literárias sempre serão relevantes e extremamente emocionantes.

Conhecido pela trilogia Chaos Walking, Patrick Ness tinha uma árdua tarefa: dar vida à ideia da escritora Siobhan Dowd. Dowd, também escritora, faleceu em 2007, mas deixou a emocionante história de Conor O’Malley ser contada através do coração de Ness. Dowd tinha personagens, uma premissa, e um começo. Infelizmente, ela não tinha tempo para contar essa selvagem história.

Conor O’Malley, um garoto de 13 anos, não tem uma vida fácil. Sua mãe está doente e passa pelos mais agressivos tratamentos. Seus colegas de escola também não lhe facilitam as coisas. Seu relacionamento com a Avó é terrível, e, para complicar ainda mais, sofre com um pesadelo terrível e começa a ser visitado por um monstro quando os ponteiros do relógio marcam 00:07. O monstro lhe contará três histórias, e após isso, é Conor quem deverá lhe contar a dele. O monstro quer a verdade. E é isso que Conor mais teme: a verdade.

Acredito que uma das maiores dificuldades de um escritor é conseguir transmitir emoções através das letras, e Sete Minutos Depois da Meia-Noite consegue fazer isso de forma brilhante. As três histórias que o Monstro conta servem para guiar Conor em sua jornada em direção à aceitação. Nem sempre o herói da história é o mocinho. Nem sempre suas atitudes para salvar alguém que ama lhe renderá sucesso. Nem sempre ser invisível significa não ser visto.

Por ser o personagem principal desta história, Conor centraliza todos os acontecimentos, sejam eles bons ou ruins, o que pode, por algumas vezes, suprimir a personalidade e emoções de personagens secundários. Porém, o que mais surpreende, é a forma progressiva em que o livro te conduz, desenrolando a vida de Conor uma história por vez até seu emocionante final. O Monstro cumpriu seu papel e a verdade não é mais tão dolorosa quanto antes.

Dinâmicas, as 157 páginas do livro são leves, mas sua emocionante história pode pedir por pequenas pausas para recuperar o fôlego. “Histórias são o que há de mais selvagem”. Sete Minutos Depois da Meia-Noite é uma história selvagem, que pode te deixar em pedaços. São histórias como essa que provam a relevância, magia, emoção e triunfos de obras literárias. Em um mundo onde a leitura perde espaço para obras audio-visuais, Sete Minutos Depois da Meia-Noite prova que livros são seres vivos. Livros são selvagens. Com uma história engrandecedora, Sete Minutos Depois da Meia-Noite é uma obra vitoriosa. E que bela vitória.

Título: Sete Minutos Depois da Meia-Noite
Autor: Patrick Ness
1a Edição
Editora Novo Conceito
Número de Páginas: 160

 

About Author

Cofundador e editor-chefe do Duas Torres. Fascinado pela narrativa de J. R. R. Tolkien e pela evolução do entretenimento, encontra paz ao escrever sobre filmes, séries e games.

Deixe o seu comentário