Never Die Club: O Anti-Buda de Havana – Resenha

0

Ano passado noticiamos para vocês o lançamento da campanha no Catarse de Never Die Club, a nova franquia de HQs de Marcello Fontana e Thony Silas. Agora com o título em mãos podemos finalmente dar o nossa visão sobre a revista.

Mas do que se trata a HQ? Em Never Die Club, um grupo de imortais que datam de antes da época das Cruzadas vive em segredo em nossa sociedade. Derivado dos Templários surgem seus principais rivais, os Vaucent, herdeiros de uma ordem medieval que buscam erradicar os imortais da Terra por os considerar anti-naturais. No meio desta trama se encontram Tristan, Mavuto e Vênus Garden, três imortais com objetivos bem diferentes, e que agora devem lutar para sobreviver em Havana contra uma dupla de membros da Vaucent que buscam o seu fim.

O primeiro terço dessa edição busca desenvolver um pouco da personalidade de cada personagem, demostrando como o peso da imortalidade recai sobre cada um de forma diferente. A partir daí, a ação desemboca com características semelhantes à um filme de ação da década de 80, e segue esse ritmo até o fim, quase deixando leitor sem ar. A fantástica narrativa visual nos deixa ainda mais imersos na história, um belo trabalho de Thony Silas e Paulo Torinho que cuidam da maior parte da arte e cores. Todo material fica ainda mais bonito no papel couché do que aparenta nas imagens virtuais.

Um belo toque do autor fica por conta dos flashbacks que são inseridos no meio da história, servindo como forma de explicar alguns acontecimento sem necessariamente sair da narrativa já plantada. Desta forma várias coisas vão sendo explicadas no decorrer da HQ e alguns mistérios se revelando, tudo à seu tempo.

O acabamento do material é muito bom, com capa de papel supremo, trazendo o nome de todos envolvidos e o selo da editora Quadro a Quadro. Capas alternativas e uma história extra que serve como prévia do primeiro capítulo compõe os materiais extras. O capítulo 1,5, chamado de Sepukku, funciona como uma amostra do que vem à seguir, apresentando um imortal inédito.

Never Die Club é sem dúvidas um dos bons projetos que merecem apoio para continuação. Fontana cria uma obra original sem se apoiar em outros sucessos para basear sua narrativa, trazendo uma história sem heróis aparentes e com personagens interessantes no centro da trama. Mesmo com o tom corrido da ação, o autor ainda consegue criar o tempo para contar as sub tramas e revelar suas nuances para o leitor.

Já se encontra também disponível a campanha de financiamento coletivo da segunda edição de Never Die Club no Catarse. Intitulado Os Jogos de Judas, a revista vem para continuar a história de O Anti-Buda de Havana. Ainda com Marcello Fontana nos roteiros, a HQ agora conta com Alex Lins nos desenhos, que já trabalho na primeira edição no curto prelúdio Sepukku. As cores ficam por conta de Laís Bicudo.

Se ainda não conhece a HQ, há opções de pacotes quem incluem as duas edições. Além disto, Marcello Fontana traz para o mix mais dois títulos: Trovões no Rio Negro e Porrada!. O projeto deve ser lançado na Comic Con XP 2018 e para conhecer mais você pode visitar a sua página no Catarse.

100%
100%
Ótimo

Never Die Club: O Anti-Buda de Havana (2017)
País: Brasil | Editora: Quadro a Quadro | Páginas: 84
Roteiro: Marcello Fontana
Arte: Thony Silas | Paulo Torinho | Alex Lins | Laís Bicudo

  • 5
  • User Ratings (0 Votes)
    0

About Author

Leitor de quadrinhos (tudo que consigo consumir), jogador de MMO e professor de história, tentando fazer tudo uma coisa só pra facilitar a vida.

Deixe o seu comentário