Ella e John – Crítica

0

Exibido no festival de Veneza, Ella e John (The Leisure Seeker) segue a cartela do gênero Road Movie: um veículo, uma viagem e diversos empecilhos no caminho. Entretanto, o diretor Paolo Virzì entrega algo a mais, com boas doses de humor e drama, criando uma história tocante e facilmente identificável. Embora a trama seja simples, o maior tesouro do diretor é contar com a talentosa dupla principal, que transmite ao espectador todo o peso que essa jornada representa para seus personagens.

Hellen Mirren e Donald Sutherland protagonizam essa viagem. O casal sempre teve o costume de viajar e agora, já idosos, resolvem conhecer a casa onde viveu o escritor Ernest Hemingway, um dos preferidos de John. Para desespero dos filhos Will (Christian McKay) e Jane (Janel Moloney), a dupla pega o velho trailer da família (o tal Leisure Seeker do título original, algo como “caçador de lazeres” em tradução livre) e dão início a sua jornada pessoal.

O diretor constrói a história do casal de forma gradativa. Aprendemos então que John fora um professor e que está sofrendo de Alzheimer, motivo principal para fazerem a viagem antes que a doença o afete mais. São constantes os momentos que Ella e John param e, por meio de diálogos ou detalhes – como os momentos em que veem fotos antigas –, vão mostrando traços do passado que são importantes para que entendamos suas decisões no presente. É possível, inclusive, vislumbrar o desfecho da trama, mas isso não interfere na experiencia. O que importa aqui é a jornada, como dizem.

A sinceridade das atuações de Mirren e Sutherland é essencial para a condução da história, principalmente devido o humor do filme, muitas vezes criado por situações constrangedoras ocasionadas pela doença de John. Momentos em que ele sai dirigindo sozinho pela estrada ou a passeata pró-Donald Trump são legitimamente engraçados, mas dotados de um viés dramático implícito.

O problema dessas cenas é evidenciar a dificuldade de Virzì em equilibrar o drama com o humor, principalmente quando o filme claramente requer um peso que o diretor não sabe – ou se recusa a – dispor. A dificuldade se estende pelos diálogos, por vezes expositivos demais e que se perderiam completamente não fosse – novamente – o talento de Mirren e Sutherland. O elenco de apoio acaba subaproveitado, pois o roteiro não lhes dá espaço para crescer, restringindo-os a elementos narrativos que justificam um ou outro diálogo, mas falhando ao tentar dar alguma profundidade aos personagens.

Ella e John certamente aproveita bastante de vários cinemas: uma dramédia-romântica disposta em um road-trip tocante. Entretanto, embora utilize muitos elementos, o diretor Paolo Virzì tem sérios problemas ao ditar o tom principal do longa, de forma que o filme perca força conforme a jornada avança. Felizmente, a química entre Hellen Mirren e Donald Sutherland se sobrepõem aos problemas e salva boa parte do filme, que deve conquistar o espectador mais sensível.

Confira o trailer legendado:

Avaliação Final

60%
60%
Bom

Ella e John (2018)
(The Leisure Seeker)
País: França, Itália | Classificação: 14 anos | Estreia: 5 de abril de 2018
Direção: Paolo Virzì | Roteiro: Michael Zadoorian, Stephen Amidon, Francesca Archibugi, Paolo Virzì, Francesco Piccolo
Elenco: Helen Mirren, Donald Sutherland, Christian McKay, Janel Moloney, Dana Ivey

  • 3,5
  • User Ratings (0 Votes)
    0

About Author

"Os filmes existem, é por isso que eu assisto!" Não é exatamente um "crítico de cinema", preferindo o termo "Filmmelier". Quer ser o Homem-Aranha quando crescer. Acha que a vida não é sobre o quão forte bate, mas o quanto se aguenta apanhar. Mestre Pokémon, Sonserino e assíduo visitante da Terra Média.

Deixe o seu comentário