CCXP 2017 – O que levar? Parte 2

0

E chegou a hora de comentar sobre a melhor parte do evento: Os artistas nacionais. Depois de dar uma passeada pela gigantesca lista da Artists Alley nós ficamos tristes de não poder comentar sobre o trabalho de todos artistas que estarão por lá, mas vale à pena dar um pulinho por lá e conhecer o que é considerado o coração da CCXP. Apesar de não ser mais possível adquirir as obras dos artistas nacionais, estes acabam sendo mais acessíveis durante o evento pelas próprias mãos dos autores.

Confira nossa lista com alguns artistas nacionais que estarão presentes na CCXP 2017 expondo seus trabalhos:

Bianca Pinheiro

Novamente eu abro a lista deste ano com a Bianca. Não é segredo o quanto gostei de Mônica – Força, e depois disso tenho ficado de olho nos trabalhos da quadrinista. Além desta obra, a autora ainda conta com a sua webcomic Bear, Dora, Meu Pai é um Homem da Montanha e este ano estará lançando no evento a sua nova HQ financiada pelo Catarse: Alho-Poró.

Cristina Eiko e Paulo Crumbim

O casal do Quadrinhos A2 retorna mais um ano à CCXP. Os dois trabalham juntos à um bom tempo, tendo lançado Penadinho – Vida juntos. Crumbim conta também com Gnut em seu portfólio de HQs e este ano Eiko expõe seu último trabalho solo: Culpa, lançada pelo selo Ugra Press.

Marcelo Costa

Marcelo já conta com uma longa lista de quadrinhos lançados, trabalhando como escritor, ilustrador e colorista, boa parte deles feitas com seu irmão Magno Costa. Nesta lista entra A Vida de Jonas, ganhadora do Troféu HQ Mix na categoria de Edição Especial Nacional e Capitão Feio – Identidade da Graphic MSP. O artista também participou do artbook da Chiaroscuro Studios de 2016 e está nesse ano presente na lista de artistas de Dias de Horror, nova Graphic Novel do estúdio.

Brão Barbosa

Com títulos elogiadíssimos, Brão Barbosa chega ao evento com uma bela bagagem. O quadrinista tem em sua lista de títulos Jesus Rocks, de 2011, Feliz Aniversário, Minha Amada de 2013 e Reparos de 2017.

Alex Shibao

Raphael Duarte

O brasiliense estará na CCXP assinando sua revista Buried: Os últimos dias da humanidade. O título mostra a humanidade pela luta contra a extinção, com inspiração em títulos futuristas como Exterminador do Futuro e Blade Runner. A revista está disponível em versão digital na Amazon e Comixcology e será lançado em versão física durante o evento.

Fred Rubim

O desenhista de Contos do Cão Negro e Le Chevalier – Arquivos Secretos também estará no evento com os dois títulos e prints exclusivas da CCXP.

Rapha Pinheiro

Tendo sucesso no financiamento coletivo para trazer ao Brasil sua obra Salto – Uma Aventura Steampunk, Rapha vai ao evento lançar o título. O criador de Os Tomos de Tessa lança o título sob o selo da Avec Editora. Ótima oportunidade para quem não adquiriu o título pelo Catarse e deseja o obter agora, além de ter a chance de trocar uma ideia com o autor no evento.

Felipe Folgosi

O ator e quadrinista Felipe Folgosi vem ao evento após o seu longo sucesso com Aurora, a quadrinização do seu roteiro de ficção científica. Apesar do trabalho já ter sido lançado a um bom tempo, o evento se mostra uma bela oportunidade para conhecer a obra do autor e entrar em contato direto com o mesmo.

Marcello Fontana

O autor de Never Die Club também dá as caras na CCXP para lançar o seu recente projeto, que conta com colaboração de Thony Silas e Alex Lins. Fontana também conta no seu currículo com títulos como Máquina Zero, Mata Escura e Valkíria – Olhos de Cristal.

Carlos Estefan e Pedro Mauro

Carlos Estefan compartilhará sua mesa este ano com Pedro Mauro, onde farão o lançamento oficial de seu novo álbum: Gatilho. Estefan, já veterano na área, escreve para os gibis da Turma da Mônica de Mauricio de Souza. Já Pedro Mauro, famoso por títulos western, trabalha na Sergio Bonelli Editore, na Itália e irá apresentar painéis especiais no evento. O artista já trabalhou no Brasil com 321 Fast Comics e The Chronicles of Few and Cursed.

Gidalti Jr.

O ganhador do Prêmio Jabuti na categoria de Histórias em Quadrinhos deste ano estará também no evento, carregando consigo o peso de ser o primeiro vencedor desta categoria estreante. Se ainda não conhece, que tal dar uma passada por lá e conferir seu trabalho?

Fabiano Neves e Felipe Cagno

A dupla de The Few and Cursed estará no evento. Neves já trabalha profissionalmente na área desde os 19 anos e tem trabalhos publicados pela DC, Marvel, Dark Horse e Dynamite. Já Cagno tem uma longa lista de HQs publicadas no Brasil, entre elas 321 Fast Comics, Lost Kids, Escolhas e Classified.

Péricles Jr.

Péricles “PJ” Júnior faz trabalhos de storyboard, ilustração e direção de arte no mercado nacional e internacional, já tendo presta serviço à diversas editoras em títulos como Pacific Rim: Tales From Year Zero, How To Pass Human e Evil Dead. PJ também conta com duas histórias nacionais publicadas no mercado nacional: Carnívora e Muito Prazer. Lia.

Denis Mello

O autor da aclamada história de terror Beladona vai ao evento com novos projetos, inclusive sua nova HQ que ainda está online no Catarse e deve ser lançada em janeiro: Teocrasília.

 

Além destes quadrinistas, temos ainda uma série de ilustradores e roteiristas que participarão do evento e trarão novos materiais para apresentar ao público. O veterano Paulo Borges apresente sua nova HQ Bilhetes. Melissa Garabelli vem com sua lindas aquarelas apresentar Saudade, sua nova HQ que foi um sucesso no Catarse. O artista Rodrigo Spiga, que recentemente assinou contrato com a Chiaroscuro, também estará no evento com suas belas artes. Leonardo Romero, que atualmente é artista da revista do Gavião Arqueiro da Marvel, estará no evento com prints exclusivas. Cristiano Seixas e Eduardo Pansica também comparecem ao evento para lançar sua nova HQ Calango. A colorista Prips também confirma sua presença nessa CCXP, ela que já trabalha desde 2009 para a IDW em títulos como Transformers, GI Joe e Godzilla. Prips também coloriu a Graphic Novel Turma da Mônica – Laços.

O Duas Torres deseja à todos um ótimo evento!

About Author

Leitor de quadrinhos (tudo que consigo consumir), jogador de MMO e professor de história, tentando fazer tudo uma coisa só pra facilitar a vida.

Deixe o seu comentário