BGS 2016 – Final Fantasy XV não tem medo de ser grande

0

Presente na BGS 2016, Final Fantasy XV demonstra que, o novo jogo da franquia da Square Enix, tem tudo para ser destaque neste segundo semestre.

O melhor caminho para se iniciar uma demo de um game, é um simples porém efetivo tutorial. Começamos a demo atacando inimigos mais fracos para compreender a jogabilidade e comandos de ataque e defesa. Partimos para uma batalha épica.

Final Fantasy XV BGS 2016

Jogadores testam Final Fantasy XV na BGS 2016

Controlando Noctis, o herói do jogo, entendemos melhor suas habilidades e movimentações, diferentes de outros capítulos da franquia, onde o sistema de batalha era baseado em turnos. Aqui, os combates são em tempo real, dando liberdade ao jogador de se locomover e atacar quando e onde bem entender. Ataque, magia, item e técnica especial estão alocados em botões específicos, sendo bem simples compreender os comandos de Final Fantasy XV.

De cara, a demo já nos coloca em uma gigantesca batalha contra um Titã de pedra. Monstruoso, o poderoso ataque do inimigo colossal tira muito dano do herói, mas os personagens de suporte estão sempre lá para ajudar, seja curando, seja atacando o adversário. É na simplicidade do combate que o jogo se torna interessante. Defenda no tempo certo, e suas chances de atacar e tirar dano do adversário serão maiores.

Os belos gráficos de Final Fantasy XV também chamam atenção. Durante a batalha, defendi um ataque do titã, o que me levou a acreditar que estava entrando em uma cutscene. Estava errado. Ainda estava controlando o personagem, e o próximo ataque do titã se aproximava. Era hora de contra-atacar.

Com uma técnica especial de Noctis, uma tempestade de gelo que congela e destrói tudo à sua volta, a demo se encerra magnificamente, aumentando os ânimos dos fãs da franquia. Não vemos a hora de jogar a versão completa do jogo.

Final Fantasy XV tem lançamento previsto para 29 de Novembro deste ano, e estará disponível para Xbox One e Playstation 4.

About Author

Cofundador e editor-chefe do Duas Torres. Fascinado pela narrativa de J. R. R. Tolkien e pela evolução do entretenimento, encontra paz ao escrever sobre filmes, séries e games.

Deixe o seu comentário