Batman: The Telltale Series – Episódio 2 – Crítica

0

Seguindo os acontecimentos do primeiro episódio de Batman: The Telltale Series, Reino das Sombras, Filhos de Arkham incendeia o passado dos pais de Bruce.

O passado da família Wayne começou a ser colocado em cheque no primeiro episódio, quando suspeitas de que Thomas e Martha Wayne tinham um relacionamento com o mafioso Carmine Falcone. Os ícones da cidade de Gotham começam a cair.

Bruce inicia Filhos de Arkham tentando resgatar a memória do assassinato de seus pais. Mortos em um beco por Joe Chill, Bruce lembra que, ao invés de ter sido uma frustada tentativa de roubo que acaba em assassinato, Chill estava cumprindo ordens. Alguém havia ordenado a morte dos Wayne. O episódio começa andando em passos interessantes, e chegou a hora de confrontar Falcone sobre o passado.

A Telltale sabe como e quando utilizar reviravoltas, sempre deixando o jogador em dúvida sobre quais atitudes e escolhas tomar. É isso que torna os jogos da desenvolvedora tão divertidos e únicos. Escolher entre o que fazer e o que falar te levam para lugares diferentes, como o povo de Gotham vendo o Batman como um ícone, ou o temendo por ser muito agressivo.

Infelizmente, o formato em episódios não ajuda, ou não está ajudando, no desenvolvimento do jogo. Ainda há muitas falhas nas legendas e diálogos, e a pressa para lançar os episódios podem estragar a experiência. Durante algumas cenas, as legendas simplesmente não apareciam, ou eram traduzidas erroneamente. Em outras, legendas apareciam mas a dublagem não. O que mais espantou no episódio, foi uma cena com Thomas Wayne e a mãe do Pinguim. Ficou claro que o design dos personagens nessa cena não foram finalizados, deixando-os desfigurados e quadrados, parecendo retirados do primeiro Half-Life, lançado em 1998. Felizmente, a cena dura poucos segundos e não interfere no desenrolar do episódio, mas foi um belo choque de realidade.

Outro ponto negativo é Alfred Pennyworth. Além de esconder o passado criminoso da família, Alfred irrita com as constantes falas “não deve ter sido fácil ouvir isso sobre seu pai.” Essa fala se repete tanto, que comecei a optar por falas mais rudes ao personagem, para simplesmente retira-lo de cena. Já o relacionamento entre Bruce e Selina Kyle (Mulher-Gato) apresenta constante crescente. De forma limpa e direta, fica claro que um precisa do outro, e uma luta dentro de um bar é, sem dúvida, a melhor cena de ação que a Telltale apresentou em seus jogos até hoje.

Embora mais curto que Reino das Sombras, o segundo episódio da série enxuga e aponta para uma direção mais clara e divertida. Brevemente, Filho das Sombras introduz um novo vilão, os planos do Pinguim e o relacionamento de Bruce Wayne com Harvey Dent e Selina Kyle. Ao que tudo indica, os próximos episódios de Batman: The Telltale Series seguirão um caminho melhor do que o primeiro.

 

80%
80%
Muito Bom

Batman: The Telltale Series
(Episódio 2: Filhos de Arkham)
Lançamento: 20 de Setembro de 2016
Elenco: Troy Barker (Bruce Wayne), Travis Willingham (Harvey Dent), Erin Yvette (Vicki Vale), Enn Reitel (Alfred), Murphy Guyer (James Gordon), Richard McGonagle (Carmine Falcone) e Laura Bailey (Selina Kyle).

  • 4
  • User Ratings (0 Votes)
    0

About Author

Fascinado pela narrativa de J. R. R. Tolkien e pela evolução do entretenimento, encontra paz ao escrever sobre filmes, séries e games.

Deixe o seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.